O Acelerador Genético - Pág, 01, Par. 01 O Acelerador Genético - Pág, 01, Par. 02 O Acelerador Genético - Pág, 01, Par. 03 O Acelerador Genético - Pág, 02, Par. 01 O Acelerador Genético - Pág, 02, Par. 02 O Acelerador Genético - Pág, 02, Par. 03 O Acelerador Genético - Pág, 03, Par. 01 O Acelerador Genético - Pág, 03, Par. 02 O Acelerador Genético - Pág, 03, Par. 03 O Acelerador Genético - Pág, 04, Par. 01 O Acelerador Genético - Pág, 04, Par. 02 O Acelerador Genético - Pág, 04, Par. 03O Acelerador Genético - Pág, 05, Par. 01 O Acelerador Genético - Pág, 05, Par. 02 O Acelerador Genético - Pág, 05, Par. 03   O Acelerador Genético - Pág, 06, Par. 01 O Acelerador Genético - Pág, 06, Par. 02 O Acelerador Genético - Pág, 06, Par. 03

 

 

Postagens

Homem-Grilo indicado ao 34º Troféu HQMIX

O Homem-Grilo está entre os indicados ao 34º Troféu HQMIX, concorrendo na categoria de Web Quadrinhos. É uma grande honra que no primeiro ano de sua nova fase, agora totalmente digital, o Homem-Grilo já receba uma indicação na mais tradicional premiação do mercado de quadrinhos no Brasil.

E acredito que o grande mérito dessa indicação se deva ao excelente trabalho que o Fred Hildebrand vem fazendo, engrandecendo meus roteiros com a sua excelente arte. Fico muito feliz que a nossa parceria no Homem-Grilo tenha dado super certo, e essa indicação vem para coroá-la.

A primeira vez que o Homem-Grilo foi indicado ao Troféu HQMIX foi em 2008, com a Revista do Homem-Grilo nº42, na categoria de Publicação Independente de Autor. A publicação em si não levou o prêmio, mas eu acabei ganhando na categoria de Roteirista Revelação.

Naquela época eu já não era exatamente revelação, pois havia oito anos que tinha começado a fazer e publicar quadrinhos. Mas foi minha primeira premiação na área, portanto, foi bastante importante pra mim e um grande reconhecimento do meu trabalho como roteirista de quadrinhos.

E mesmo que eu não ganhe o Troféu HQMix este ano (a concorrência está muito boa), já estou imensamente feliz só de ter meu trabalho entre os indicados. Ainda mais depois de toda a dificuldade que passei com meus problemas de saúde por causa do reumatismo e ter até mesmo cogitado desistir de continuar fazendo quadrinhos.

O Homem-Grilo de Jean Okada

Ilustração do Homem-Grilo por Jean Okada

Uma das vantagens do Homem-Grilo e seu universo estarem sob uma licença livre como a Creative Commons é poder ver outros autores criando obras derivadas das minhas de forma autônoma, sem precisar me pedir autorização.

E quem melhor tem feito isso hoje em dia é o Jean Okada, que já publicou uma série de tiras do Homem-Grilo (que podem ser lidas no site dele ou no Tapas) e já está produzindo uma nova história em quadrinhos com o personagem.

E se você quiser também criar suas próprias obras com o Homem-Grilo, basta seguir as instruções da licença CC By-SA 4.0, que permite inclusive o uso comercial das obras derivadas (então se você quiser, por exemplo, imprimir e vender seus quadrinhos do Homem-Grilo, pode fazer sem problemas e sem precisar me pagar nada).

Com vários autores produzindo de forma autônoma com o Homem-Grilo, criamos um poço comum de criação coletiva, onde cada autor contribui para a mitologia do personagem, acrescentando sua visão particular. O Homem-Grilo do Jean, por exemplo, não é exatamente o meu Homem-Grilo, mas continua sendo o Homem-Grilo. E assim também será com o seu. =D

Esboço do Homem-Grilo por Jean Okada

Homem-Grilo em Aula no Canal Educação

Participei ontem de uma aula no Canal Educação, produzido pelo Centro de Mídias São Paulo, sobre modalizadores e prosopopeia com a prof.ª Silene Felix, que utilizou uma HQ do Homem-Grilo. A aula com a minha participação pode ser assistida no canal do CMSP no Youtube.

Não é a primeira vez que uma história em quadrinhos do Homem-Grilo é usado como recurso didático. Desde o ano passado o personagem está sendo usado em livros didáticos pelas escolas públicas do Estado de São Paulo. E na capital do estado, ele também já apareceu em um livro didático produzido pela Fundação Padre Anchieta e que foi utilizado nas escolas da rede municipal de São Paulo.

Isso sem contar diversos outros materiais didáticos que também contaram com quadrinhos do Homem-Grilo. Lembrando que para usar as HQs do Homem-Grilo como recurso didático é totalmente gratuito, pois o personagem e seu universo estão sob uma licença Creative Commons.

Um Novo Desenhista, Um Novo Começo

Homem-Grilo - Tira 001 - Destaque

Recomeços são bem comuns nas histórias em quadrinhos de super-heróis, sobretudo das grandes editoras como a Marvel e a DC, então, mais cedo ou mais tarde algo assim também acabaria acontecendo com o Homem-Grilo.

Mas enquanto nas grandes editoras esses recomeços são usados para arrumar os problemas gerados por uma cronologia extensa e complexa, no caso do Homem-Grilo está acontecendo por dois principais motivos; primeiro, a mudança de formato na publicação das histórias, e segundo, a mudança do desenhista oficial do personagem.

Desde o fim de 2018 venho ensaiando iniciar uma nova fase de produção dos meus quadrinhos, que eu passei a chamar de produção anticapitalista, no qual explico em mais detalhes nesta postagem do meu blog pessoal.

Mas, em resumo, este tipo de produção esta firmada em três bases; publicação dos quadrinhos digitalmente em formato pergaminho (que é melhor adaptado para leitura em celulares), licenciamento deles sob Creative Commons, e financiamento da produção dessas HQs através de financiamento coletivo recorrente.

Por se tratar de um nova forma de produzir e publicar quadrinhos, principalmente com relação ao formato, passei esses últimos tempos me adaptando a ele. Praticamente tive que aprender novamente a como fazer histórias em quadrinhos, já que eu estava acostumado ao padrão tradicional de publicação de revistas e livros. Mas agora acredito estar pronto para esse novo formato.

E para isso conto com a chegada do novo desenhista oficial do Homem-Grilo, que vem para substituir o Will (que, por sua vez, substituiu o Ricardo Marcelino, como explico neste texto).

E este novo desenhista é o Fred Hildebrand, que foi o desenhista da série Patre Primordium, escrita por Ana Recalde, e que agora está publicando sua própria série em quadrinhos, chamada Spaceshit.

Com essa nova parceria com o Fred, a minha ideia é não só produzir novas HQs no formato pergaminho aqui pro site, mas também adaptar as tiras e HQs antigas para este formato. E começamos fazendo isso pela primeira tira do Homem-Grilo, que você já pode ler aqui.

Espero que essa nossa parceria dure por muito anos para que possamos trazer a vocês incríveis e divertidas histórias em quadrinhos do Homem-Grilo, e dos demais personagens de seu universo.

P.S.: Como o Will não será mais o desenhista oficial do Homem-Grilo, o Sideralman deixará de fazer parte do universo dele. Isso não significa, porém, que eu não possa escrever novas histórias com o super-herói do Will no futuro. Mas aqui no site, a partir de agora, serão publicadas apenas HQs do Homem-Grilo e dos demais super-heróis que já faziam parte de seu universo (como o Cricket Rider, por exemplo).

Homem-Grilo em Livro Didático da Secretária de Educação do Estado de São Paulo

Descobri por acaso que o Homem-Grilo está sendo usado em um livro didático, da série Aprender Sempre, pelas escolas públicas do Estado de São Paulo durante o período de atividades não presenciais nesta pandemia.

Sempre fico feliz quando vejo meus quadrinhos sendo usado em materiais didáticos e paradidáticos, principalmente no ensino público.

E se você é um coordenador pedagógico de alguma escola ou faz parte da coordenadoria de alguma secretaria de educação e quer usar as HQs do Homem-Grilo como recurso didático, é totalmente gratuito, pois o personagem e seu universo estão sob uma licença Creative Commons.

Tirinha do Homem-Grilo em Livro Didático da Secretária de Educação do Estado de São Paulo