Homem-Grilo em Livro Didático da Secretária de Educação do Estado de São Paulo

Descobri por acaso que o Homem-Grilo está sendo usado em um livro didático, da série Aprender Sempre, pelas escolas públicas do Estado de São Paulo durante o período de atividades não presenciais nesta pandemia.

Sempre fico feliz quando vejo meus quadrinhos sendo usado em materiais didáticos e paradidáticos, principalmente no ensino público.

E se você é um coordenador pedagógico de alguma escola ou faz parte da coordenadoria de alguma secretaria de educação e quer usar as HQs do Homem-Grilo como recurso didático, é totalmente gratuito, pois o personagem e seu universo estão sob uma licença Creative Commons.

Tirinha do Homem-Grilo em Livro Didático da Secretária de Educação do Estado de São Paulo

Homem-Grilo em Terras Lusitanas

Capa da edição lusitana do Homem-Grilo.

Agora o Homem-Grilo também está sendo publicado na terra natal dos meus bisavós Simões. A publicação em Portugal do meu personagem ficou por conta do selo editorial FA.

A capa desta edição lusitana do Homem-Grilo é uma ilustração do Will, e seu interior traz quadrinhos desenhados por Ricardo Marcelino (que criou o visual do Homem-Grilo) e por Alex Rodrigues.

Essa publicação está sendo feita através da licença Creative Commons do Homem-Grilo, que permite adaptar e redistribuir a obra original (sem precisar me pagar nada). Então se você também quer editar meus quadrinhos em seu país, basta seguir as instruções da licença.

E quem quiser ajudar na remuneração dos quadrinistas que trabalham com o Homem-Grilo, é só contribuir com nossa campanha de financiamento coletivo recorrente no Catarse.

Dia do Quadrinho Nacional

Hoje, como alguns de vocês já devem saber, é o Dia do Quadrinho Nacional, data comemorativa instituída devido a publicação da primeira história em quadrinhos no Brasil, “As Aventuras de Nhô Quim”, feita por Angelo Agostini em 1869.

O Juliano Kaapora, desenhista dos meus quadrinhos Nova Hélade e Acelera SP, fez essa ilustração para comemorar o Dia do Quadrinho Nacional e o aniversário de 20 anos do Homem-Grilo.

E aguardem que em breve eu irei postar aqui no site outras obras derivas que diversos artistas já fizeram devido a chamada coletiva que eu fiz no post Comemorando os 20 anos do Homem-Grilo com o Copyleft e a Cultura Livre.

E lembrando que você pode criar uma obra derivada do Homem-Grilo a hora que você quiser, não precisa ser para a comemoração dos 20 anos do personagem. Basta para isso seguir as recomendações da licença Creative Commons dele.

Comemorando os 20 anos do Homem-Grilo com o Copyleft e a Cultura Livre

Homem-Grilo - Tira 001

Este ano o Homem-Grilo irá completar 20 anos desde a publicação dessa primeira tira dele na Internet. Eu não preparei nada de especial para comemorar esse aniversário, mas não queria que ele passasse em branco. Por isso, gostaria de propor algo aos colegas artistas.

O Homem-Grilo, assim como seu universo, está sob uma licença Creative Commons que lhe permite compartilhar livremente as obras dele, assim como criar obras derivadas, desde que a mesma licença seja mantida. Mais detalhes sobre essa licença podem ser lidas aqui.

A minha proposta então é que para comemorar esses 20 anos do Homem-Grilo vocês utilizem a licença Creative Commons do personagem para criar suas próprias obras com ele. Vale qualquer coisa. Quadrinhos, ilustração, conto, animação, graffiti, crochê, mashup, e por aí vai.

E a licença CC do Homem-Grilo também permite o uso comercial das obras derivadas. Então vocês poderão gerar renda para vocês com as obras criadas a partir do meu personagem do modo como quiserem, sem me dever absolutamente nada.

O Homem-Grilo é muito versátil. A sua obra derivada com ele pode ser bem livre. Não precisa usar a mesma aparência. Não precisa ser super-herói. Não precisa nem mesmo ser homem, ou grilo. Você só precisa usar algum elemento que remeta ao personagem, mas a escolha é sua.

Não à toa eu nunca defini muito a origem do personagem. Ele é apenas um super-herói que ganhou seus poderes ao ser mordido por um grilo radioativo (se é que os grilos mordem). A partir daí outros autores podem adicionar suas próprias ideias, ou remodelar a minhas completamente.

Desde que adicionei o Homem-Grilo ao Creative Commons, em 2001, outros autores abraçaram a ideia, e começaram a utilizar o personagem em suas próprias obras. Mas nunca foi algo na amplitude que eu gostaria que fosse.

Por isso seria um grande presente de 20 anos de aniversário do Homem-Grilo se os colegas artistas embarcassem comigo nessa filosofia do copyleft e da cultura livre, e criassem suas próprias obras com o personagem. E aí, quem topa fazer algo?

Graffiti do Homem-Grilo

O artista Gryllo D.Oliveira fez um graffiti retratando ele mesmo como o Homem-Grilo na parede da antiga estação de trem de São Miguel Paulista, para o festival Kebrada em Cores.

E se você também quer usar o Homem-Grilo em sua obra de arte, seja ela qual for, fique a vontade pois o personagem está sob uma licença livre Creative Commons.

Graffiti do Homem-Grilo 01

Graffiti do Homem-Grilo 02

Graffiti do Homem-Grilo 03

Graffiti do Homem-Grilo 04